quarta-feira, dezembro 27, 2006

O xadrez japonês (Shogi)



Distinto de cada um dos jogos anteriores, o xadrez japonês é, contudo, claramente "reconhecível" como xadrez. É jogado por dois jogadores com 20 peças cada - mais quatro que no xadrez ocidental - num tabuleiro 9x9,sendo, como em todas as variantes do xadrez, o objectivo dar mate ao rei inimigo.

É o jogo de tabuleiro mais jogado no Japão; mais de 60% dos japoneses admitem jogá-lo regularmente, muitos mais que para o Go ou para o xadrez internacional.

Todas as peças são pentagonais, e de uma mesma cor, normalmente brancas. Este facto não é fruto do acaso - com efeito, o factor principal que torna este jogo único é que as peças que são capturadas se tornam disponíveis para o jogador que as captura jogar - e portanto o que define o jogador a que pertence uma dada peça é a sua orientação e não a sua cor. O outro factor é que quase todas as peças podem ser promovidas para outras de maior valor - não apenas os peões - e que, na maior parte dos casos, a promoção não é obrigatória mas sim decidida pelo jogador.

O shogi apresenta 9 peões - um por cada coluna no set-up inicial - e, nesse aspecto, aproxima-se do xadrez ocidental. Contudo, ao contrário do xadrez ocidental, cada lado apenas dispõe de um bispo e de uma torre, não existindo a figura da dama neste jogo. Existem, sim, três tipos de peças que são desconhecidas ao jogador do xadrez ocidental : o lanceiro, o general de prata e o general de ouro, de que cada jogador dispõe inicialmente de duas unidades.

O rei, a torre e o bispo movem-se exactamente como no xadrez ocidental. Mas a torre , quando chega à 7ª, 8ª ou 9ª fila, promove-se para um dragão. O dragão é a peça mais forte de todas, movendo-se como um rei + uma torre do xadrez ocidental. É uma peça marcadamente ofensiva. Já o bispo, nas mesmas condições da torre, transforma-se num cavalo (não num cavaleiro, são peças diferentes). O cavalo pode ser visto como bispo+rei. É a peça mais forte que costuma ser usada defensivamente.

O rei, como em (quase) todas as variantes do xadrez, encontra-se no centro do tabuleiro tendo ao seu lado os dois generais de ouro. Ao lado dos dois generais de ouro encontram-se os dois generais de prata. O bispo e a torre encontram-se à frente do cavaleiro da esquerda e da direita, respectivamente.

O peão é idêntico ao do xadrez, excepto que captura exactamente da mesma forma que se move. Para além disso, quando atinge a 7ª fila (e portanto uma das três filas a contar do fim do tabuleiro) o peão é promovido a "tokin", o que significa que passa a poder mover-se como um general dourado. Um general dourado move-se em qualquer direcção, mas não pode mover-se diagonalmente para trás. Os peões encontram-se avançados já na terceira fila.

O lanceiro é um vestígio de evolução da torre, aparecendo na mesma posição que esta, isto é, nos cantos: apenas se pode mover para a frente, isto é, não se pode mover horizontalmente ou para trás. É, por isso, uma torre com menos poderes. Quando chega à 7ª fila, tem a opção de se promover para um general dourado, e quando chega à 9ª é a tal obrigado, uma vez que ficaria imobilizada se não o fizesse.

O mesmo se pode dizer do cavaleiro, localizado junto a cada um dos dois lanceiros. O cavaleiro apenas se pode mover para a frente uma casa e diagonalmente para a esquerda ou para a direita uma casa. Ao contrário do cavalo no xadrez chinês, este cavaleiro pode saltar. Analogamente ao lanceiro, pode promover-se a partir da 7ª linha, obrigatoriamente na 9ª.

O general de prata é um "bispo enfraquecido", isto é, pode mover-se uma casa em qualquer direcção, excepto directamente para os lados ou directamente para trás. A sua promoção funciona de forma idêntica à das outras peças aqui discutidas.

Em qualquer lance, um jogador pode colocar uma peça que capturou num local do tabuleiro. A torre, o bispo e os generais não têm qualquer restrição quanto às casas em que podem ser colocados. Um peão não pode ser colocado numa mesma fila que um peão do mesmo jogador, ou na última fila, uma vez que não poderia mover-se. O mesmo se pode dizer do lanceiro (não pode ser colocado na última fila) e do cavalo (não pode ser colocado nas últimas duas filas). Também o peão não pode ser posto de forma a dar, de imediato, xeque-mate ao rei adversário.

A maior parte dos lances ilegais resultam na derrota automática do jogador que os pratica.

6 Comments:

At 4:11 da manhã, Blogger naritaRUC said...

Parabens pelo texto sobre o shogi. Será que o poderia usar no meu site ( www.clubotaku.org ) dando-te claro os devidos créditos?
Arigatou.

 
At 6:45 da tarde, Blogger Gabriel said...

Parabéns, fico feliz que haja alguém que se importa não apenas com o Xadrez ocidental, tive uma grande dificuldade para encontrar um site com uma boa qualidade e que ensine a forma correta do jogo.

 
At 1:40 da manhã, Blogger custodio said...

Meu nome é Custodio O Franco sou brasileiro; a mais ou menos 20 anos atras (1988) joguava shogi na cidade de Mogi das Cruzes, nesta epoca era san dam ( 3º grau), hoje moro em uma cidade litoranea, Bertioga-SP, gostaria de informações se existe algum progaama para computador de shogi, quero voltar a jogar mas essa cidade não tem nenhum adversario, Por favor alguem me ajude, desde ja agradeço. (01381447080)FRANCO

 
At 1:45 da manhã, Blogger custodio said...

SOU BRASILEIRO MORO EM BERTIOGA, A MAIS OU MENOS VINTE ANOS ATRAS JOGAVA SHOGI NA CIDADE DE MOGI DAS CRUZES, FUI O PRIMEIRO BRASILEIRO A JOGAR SHOGI NO BRASIL; CHEGUEI A 3º GRAU ( SANDAN ) GOSTARIA DE SABER SE EXISTE ALGUM PROGAMA DE COMPUTADOR QUE PERMITE JOGAR COM ESSA MAQUINA. ME AJUDE, DESDE JÁ AGRADEÇO (01381447080) FRANCO

 
At 4:48 da tarde, Blogger Wyulliam said...

http://www.playok.com/pt/shogi/

Você pode jogar Shogi nesse site ^^

 
At 1:59 da manhã, Blogger TO NEM AI said...

Cara eu tenho 14 anos e amo jogar Shogi só que por aqui não tem nenhum lugar que vendam e na net tb não achei então resolvi fazer meu próprio tabuleiro de shogi

 

Enviar um comentário

<< Home